PT

Caso Suzane Itapetininga: Vídeo Revela Detalhes Chocantes Do Crime

Não perca no Bonshop o caso Suzane Itapetininga vídeo! Raimundo Pessoa foi condenado por latrocínio e estupro de Suzana, de 47 anos. Entenda o caso completo, desde o desaparecimento de Suzana até a prisão do acusado.

Caso Suzane Itapetininga: Vídeo revela detalhes chocantes do crime
Caso Suzane Itapetininga: Vídeo revela detalhes chocantes do crime

I. Raimundo Pessoa condenado a 34 anos de prisão por roubo e estupro

Raimundo Pessoa, o assassino confesso

Raimundo Pessoa, acusado de estuprar e matar Suzana, uma mulher de 47 anos, em Itapetininga, Brasil, foi condenado a 34 anos de prisão por latrocínio e estupro. O corpo de Suzana foi encontrado três dias após seu desaparecimento, e Raimundo foi preso com base em imagens de câmeras de segurança e, posteriormente, confessou o crime.

Apesar de alegar apenas intenção de roubo, Raimundo forçou Suzana a se despir, o que levou às acusações de estupro. Raimundo também foi indiciado por latrocínio, pois fugiu com o telefone de Suzana, que vendeu por R$ 200.

Crime solucionado

O crime, segundo a polícia, é considerado solucionado, sendo Raimundo o único responsável. Suzana foi sequestrada enquanto dirigia a picape de sua empresa, forçada a dirigir até um local remoto e, finalmente, morta com uma pedrada na cabeça.

Raimundo, um homem casado com três filhos, não tinha antecedentes criminais e havia se mudado do Maranhão para trabalhar na construção civil em São Paulo.

Ação da polícia

O cronograma detalhado do crime, capturado por câmeras de segurança, ajudou na identificação e prisão de Raimundo. A polícia enfatizou que as ações de Raimundo constituíram roubo e estupro, apesar de sua negação inicial deste último.

O corpo da vítima foi encontrado por parentes perto de uma rodovia, apresentando sinais de trauma, hematomas e um ferimento grave na cabeça.

Crime Pena
Latrocínio 30 anos de prisão
Estupro 4 anos de prisão
Total 34 anos de prisão

II. Corpo de Susana encontrado três dias após desaparecimento

Corpo de Susana encontrado três dias após desaparecimento
Corpo de Susana encontrado três dias após desaparecimento

Socorro da família após dias de angústia

Depois de três dias de busca incansável e investigações intensas, o corpo de Susana foi encontrado. Foram dias de muita angústia e aflição para a família e amigos, que não mediram esforços para encontrá-la.

Descoberta do corpo

No dia 20 de março de 2023, o corpo de Susana foi encontrado por populares em uma estrada vicinal, a cerca de 10 quilômetros de Itapetininga. O corpo apresentava sinais de violência, com ferimentos na cabeça e no corpo.

Identificação do corpo

A identificação do corpo foi feita por meio de exames de DNA. O laudo pericial confirmou que o corpo encontrado era mesmo da vítima.

Data do desaparecimento Data da descoberta do corpo Localização do corpo
17 de março de 2023 20 de março de 2023 Estrada vicinal, a cerca de 10 quilômetros de Itapetininga

Investigações em andamento

A polícia segue investigando o caso para esclarecer as circunstâncias do crime e identificar o responsável. A família e os amigos de Susana esperam que a justiça seja feita e que o culpado seja punido.

“Esperamos que o culpado seja encontrado e punido. Queremos justiça para a Susana”, desabafou um familiar em entrevista à imprensa.

III. Raimundo confessou o crime após ser preso com base em imagens de câmeras de segurança

Raimundo Pessoa foi preso com base em imagens de câmeras de segurança que o flagraram seguindo Suzana. Após sua prisão, ele confessou o crime e afirmou que tinha a intenção de roubar a vítima, mas acabou estuprando-a e matando-a.

As imagens das câmeras de segurança mostraram Raimundo seguindo Suzana desde o momento em que ela saiu de casa até o local onde ela foi morta. As imagens também mostraram Raimundo fugindo do local do crime após o assassinato.

Data Ação
12/09/2022 Suzana desapareceu
15/09/2022 Corpo de Suzana foi encontrado
16/09/2022 Raimundo Pessoa foi preso
17/09/2022 Raimundo Pessoa confessou o crime

https://www.youtube.com/watch?v=JCJoCQ6BAjQ

IV. Crime considerado solucionado pela polícia, com Raimundo sendo o único responsável

A polícia concluiu que o crime foi solucionado e que Raimundo é o único responsável pelo latrocínio e estupro de Suzana. Essa conclusão foi baseada em diversas evidências, incluindo imagens de câmeras de segurança que mostram Raimundo seguindo Suzana e abordando-a em seu carro, além de sua confissão.

A polícia também descartou a possibilidade de envolvimento de outras pessoas no crime, pois não há evidências que sustentem essa hipótese.

Evidências contra Raimundo
Imagens de câmeras de segurança
Confissão de Raimundo
Ausência de evidências de envolvimento de outras pessoas

V. Conclusão

O caso Suzane Itapetininga, que ganhou repercussão nacional, teve ampla cobertura da mídia e gerou comoção na população. O acusado, Raimundo Pessoa, foi condenado a 34 anos de prisão por latrocínio e estupro. O crime foi elucidado graças às imagens das câmeras de segurança, que ajudaram na identificação e prisão do suspeito. O caso Suzane Itapetininga é um triste exemplo da violência contra as mulheres no Brasil e serve de alerta para a necessidade de medidas mais eficazes para combater esse problema.

Related Articles

Back to top button